QUALIFICAÇÃO AO CAN: “Mambas” acreditam em milagres

Já se sabe que a qualificação deixou de depender exclusivamente do resultado que Moçambique fizer esta terça-feira à noite (21.00 horas), no Estádio Nacional do Zimpeto, mas Luís Gonçalves só pensa em fazer a sua parte. Ou seja vencer Cabo Verde para a sexta e última jornada do Grupo “F” de qualificação ao Campeonato Africano das Nações (CAN).

A derrota do dia 24 de Março, em Kigali, aliada ao triunfo (3-1) de Cabo Verde sexta-feira ante os Camarões colocam os “Mambas” numa situação bastante delicada nesta sexta (já falhou em 2012, 2013, 2015, 2017 e 2019) tentativa de regressar ao CAN.

A preparação do jogo, que pode valer a qualificação em caso de vitória ante os “tubarões azuis” e derrota dos ruandenses em Doula, não tem sido fácil. Na quinta-feira Luís Gonçalves soube que definitivamente não contará com o contributo dos “franceses” (Reinildo e Mexer). Antes destes já não contava com Zainadine Jr., David Malembane, Amâncio, Reginaldo, Witi e Geny, os últimos dois por estarem a recuperar de lesões.

Assim, a preparação é feita com os seguintes atletas: Guirrugo, Victor, Frenque, Ernâni, Fidel, Chico Muchanga, Chico Mioche, Jeitoso, Ricardo Mondlane, Sidique, Jorge, Abu, Bruno Langa, Nené, Telinho, Maeatro, Melque, Kambala, Amadu, Bheu, Kito, Abel Joshua, Nelson, Celton, Gildo, Lau King, Faisal Bangal, Luís Miquissone, Dayo, Clésio e Dominguez. Leia mais...

TEXTO DE ATANÁSIO ZANDAMELA

Classifique este item
(0 votes)