Que “moda” é essa de violações?

Foi-se o sossego. Vivemos momentos tenebrosos, assustadores. Os noticiários chocam-nos todos os dias com informações violentas e agressivas psicologicamente. São notícias que por vezes nos deixam embaraçados quando difundidas, pois no momento em que são ditas e estando nós sentados na sala com as crianças, a única coisa que apetece fazer é mudar de canal para que as crianças não fiquem chocadas. Infelizmente, nem sempre o remoto-controlo está perto de nós. Casos há em que a notícia passa quando estamos na casa-de-banho, no quarto, na cozinha ou noutro lugar, o que não nos permite ter a pronta intervenção para evitar que as crianças vejam a triste notícia. É realmente triste quando uma criança de tenra idade ouve falar de outra, a ela semelhante, que foi violada e em algumas vezes até à morte. Aliás, não é apenas triste como também é traumatizante.

- Avô viola a neta e filhas;

- Pai viola filha;

- Tio viola sexualmente sua sobrinha de três anos;

- Desconhecidos violam menina de seis anos até a morte;

- Ancião violou sexualmente uma criança de dez anos; Leia mais...

Texto de Frederico Jamisse

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)