Chitsumba eleito novo presidente “canarinho”

Jonas Chitsumba foi, ontem, durante uma assembleia geral ordinária, eleito novo presidente do Clube de Desportos da Costa do Sol para o próximo quadriénio. Chitsumba, que liderava a única lista, foi legitimado pelos 30 sócios do Costa do Sol presentes no acto e legitimado pelo voto especial da empresa integradora, a Electricidade de Moçambique (EDM), que detém 51 por cento.

O elenco de Chitsumba foi empossado ainda ontem pelo presidente da Mesa da Assembleia- -Geral, Marcelino Gildo Alberto, que é igualmente Presidente do Conselho de Administração da Electricidade de Moçambique (EDM).

Da lista apresentada por Chitsumba, destaque para a continuidade de Jeremias da Costa no elenco, que passa a ocupar o cargo de vice-presidente para a área desportiva, e Namoto Chipande, ex-vice-presidente da Federação Moçambicana de Futebol, que assumirá a vice-presidência para a área de negócios.

Na sua primeira intervenção como presidente, Chitsumba disse que a sua Direcção vai centrar-se nos quatro principais desafios do clube, nomeadamente o melhoramento das infra-estruturas, a consolidação dos resultados desportivos, administrativos, bem como a área de comunicação e imagem.

Chitsumba afirmou que na área das infra-estruturas pretende dar continuidade ao trabalho de conclusão da mudança do sintético onde joga o campeão nacional, cobertura do pavilhão polivalente e a manutenção das infra-estruturas.

Em termos desportivos, Chitsumba considera que “quem é presidente de um clube como Costa do Sol arrisca-se a ganhar títulos e faremos de tudo que pudermos para consolidar as conquistas do ano passado no futebol e tentar ganhar o título de basquetebol, que são as principais modalidades que praticamos”, referiu.

Para tal, assume que serão necessários meios, por isso assegura que “vamos fazer grandes esforços para trazer mais parceiros ao clube”.

A eleição de Chitsumba termina com o vazio legal que se assistia desde a saída de Amosse Chicualacuala, a 30 de Junho de 2018. Nestes cerca de dois anos, o clube foi dirigido por uma Comissão de Gestão que foi liderada até Dezembro de 2019 por Bruno Morgado e de Janeiro de 2020 a esta parte por Jeremias da Costa.

Durante a assembleia, foram igualmente aprovados todos documentos colocados à apreciação, nomeadamente os relatórios de actividades e de contas de 2018 e 2019, bem como o plano de actividades e de contas de 2020. Os sócios foram ainda informados sobre o ponto de situação do Projecto Matchiki Village. (Redacção)

 

Classifique este item
(0 votes)