PARA ELECTRIFICAÇÃO DO PAÍS: EDM precisa de 100 megawatts

A empresa Electricidade de Moçambique (EDM) necessita de cerca de 100 megawatts para suprir a procura de energia em quase todo o país ao longo deste ano, excluindo a cidade de Maputo que, sozinha, precisa de 300 megawatts. Para fazer face à situação, a Hidroecléctrica de Cahora Bassa (HCB) e as centrais térmicas e solares deverão ampliar a sua produção.

Gestores nacionais do sector de produção de energia acreditam que estes números podem crescer quando for decretada a retoma normal das actividades económicas, visto que, com os efeitos do novo coronavírus, algumas empresas paralisaram os processos produtivos.

No entanto, consta que, para a electrificação da cidade e província de Maputo, a EDM conta com 25 por cento de energia produzida a partir do gás natural, pela Central Térmica de Ressano Garcia (CTRG), localizada na vila de Ressano Garcia, no distrito da Moamba, província de Maputo.

E mesmo assim a cidade de Maputo ainda precisa de mais de 300 megawatts para dar resposta à procura. Neste caso, os técnicos da central térmica garantiram que caso seja necessário poderão, de acordo com a solicitação da EDM, aumentar os níveis de produção para superar o défice na capital do país. Leia mais...

Texto de Idnórcio Muchanga

idnóThis email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)
Script: