COVID-19: Escolas preparam-se a contra-relógio

O Governo fixou 27 de Julho como data do reinício das aulas apenas para a 12.ª classe, no âmbito do relaxamento de algumas medidas no quadro do estado de emergência, decretado com o objectivo de mitigar a propagação da covid-19.

domingo visitou algumas escolas da cidade de Maputo para se inteirar dos preparativos que visam garantir segurança aos alunos nas escolas, numa altura em que o país já ultrapassou a barreira das mil infecções.

Mesmo com dificuldades, as direcções das escolas aguardam com expectativa a recepção dos alunos. Está em curso neste momento a limpeza das salas e dos recintos escolares, a reorganização das carteiras para garantir o distanciamento físico entre os alunos.

Constatámos na cidade de Maputo que recintos escolares e corredores estão a ser equipados com materiais de limpeza, de desinfecção das mãos e dos pés. Baldes, torneiras e sabão fazem parte da lista dos produtos que não mais devem faltar, tudo com o intuito de impedir a transmissão do novo coronavírus entre alunos.

RETOMA FASEADA

Conforme o Presidente da República anunciou, na sua última comunicação à Nação, a retoma das aulas vai ser faseada. Nesta fase experimental, serão leccionadas apenas as disciplinas curriculares. As profissionalizantes, como Educação Física, Empreendedorismo e Agro-pecuária, deverão aguardar até se verificar o funcionamento das escolas.

As escolas vão manter fechados os centros sociais. As bibliotecas escolares deverão funcionar de acordo com a regra de distanciamento físico, o que significa que haverá controlo de entradas e minutos que cada aluno deverá permanecer no local. As reprografias devem também voltar a funcionar. Leia mais...

Texto de Pretilério Matsinhe

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)
Script: