Retoma do futebol à vista

Atletas dos 14 clubes com direito a disputar o Moçambola poderão regressar aos treinos no dia 1 de Julho próximo e à competição na segunda quinzena de Agosto. Tudo está dependente do levantamento do estado de emergência e da aprovação do protocolo médico em discussão com o Ministério da Saúde (MISAU).

A Federação Moçambicana de Futebol (FMF) reuniu com a Liga e os clubes para analisar cenários de realização do campeonato nacional mesmo prevalecendo a situação da covid-19, tal como sucedeu em alguns países.

O presidente da FMF, Feizal Sidat, foi cauteloso relativamente às datas de início do “Moçambola” e sublinhou que por enquanto o mais importante é a avaliação conjunta de todas as possibilidades junto das associações provinciais e clubes.

Tal como referiu, o futebol é uma indústria, é o ópio do povo e há praticamente seis meses não há actividade desportiva no país. Assim, à semelhança do que sucede noutros países, como é o caso da Tanzânia, é fundamental ouvir sensibilidades, incluindo médicas, sobre as possibilidades de início do Moçambola. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)
Script: