É hora de valorizar o turismo doméstico

Os agentes económicos ligados ao sector do turismo estão rendidos ao papel que o turista nacional está a desempenhar para a manutenção da indústria hoteleira, restauração, artes, entre outras.

Rui Monteiro, que preside o pelouro de Cultura e Turismo na Confederação das Associações Económicas (CTA), compara o turismo doméstico ao “pão” e o internacional à “manteiga”.

Esta mudança de visão, que nos é apresentada por Rui Monteiro na presente entrevista, resulta do facto de se constatar que é muito mais sustentável atrair turistas nacionais, que “estão à mão de semear”, do que o Estado investir milhões de dólares para chamar a atenção de quem está em outras latitudes. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Segunda, 27 Janeiro 2020 07:27