A participação de Moçambique nos Jogos Africanos de 2019, em Rabat/Casa Blanca, Marrocos, superou todas as espectativas: cinco medalhas, no total, sendo uma de ouro, três de prata e uma de bronze.

Com uma delegação de 20 atletas, em representação de sete modalidades, nomeadamente natação, judo, karate, canoagem, boxe, atletismo e vólei, a menos numerosa das últimas cinco edições, mas de muita qualidade, Moçambique exibiu toda a sua musculatura neste evento, e mostrou ao continente e ao mundo, que apesar das dificuldades que vive nos últimos anos, motivados principalmente pela crise financeira e pelos ciclones, ainda consegue, através dos desportistas dar alegria ao seu povo.

Há 12 anos que uma delegação nacional aos Jogos Africanos não conquistava ouro, em modalidades convencionais. A última vez foi em 2007, nos Jogos de Argel (Argélia), quando Leonor Piúza, nos 800 metros, cometeu tamanha proeza. Mas, fruto de um trabalho abnegado dos atletas, técnicos e todo o pessoal de apoio, foi possível, novamente, elevar bem alto o nome de Moçambique, além-fronteira. Leia mais...

TEXTO DE GIL CARVALHO, EM RABAT

 

 


Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,11 62,29
ZAR 4,16 4,24
EUR 67,19 68,49

12.09.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 410 visitante(s) ligado(s) ao Jornal