A recente desqualificação da Selecção Nacional de Futebol, diante do Madagáscar, não passou despercebida a ninguém. O futebol, chamado “ópio do povo”, acabou por constituir tema durante o lançamento do Festival Nacional dos Jogos Desportivos Escolares que arrancaram na passada sexta-feira em Chimoio, capital da província de Manica, que se orgulha de completar o ciclo de confraternização escolar.  

Quem parece não andar a digerir dissabores do maior combinado nacional é o Presidente Filipe Nyusi, que usou o “pódio” de Chimoio para chamar a atenção aos gestores do “desporto-rei” para terem rever a sua estratégia organizacional e definir com precisão o que fazer e o que se pretende para cada fase.

Falando sexta-feira na abertura do XIV Festival dos Jogos Escolares, no lotado campo de futebol do bairro da Soalpo, Nyusi disse haver necessidade de definir com precisão as estratégias para o desenvolvimento do desporto para que traga resultados a médio e longo prazos. 

Acrescentou que não se pode esquecer que para as diversas modalidades, com particular ênfase para o futebol, alguns resultados se consolidam em cada etapa de competição. As expectativas do país não são adiáveis, conforme fez questão de frisar o Chefe de Estado. Leia mais...

Texto de Benjamim Wilson

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.