Na sua primeira aparição no hóquei planetário, a equipa de Sub-19 deixou uma imagem positiva. Venceu a Índia, ontem, por 13-5, no jogo que marcou a estreia no Campeonato Intercontinental (então denominado Grupo “B”). Hoje volta a jogar às 12.00 horas frente à Inglaterra e amanhã diante da Andorra à mesma hora. Sublinhe-se que Andorra bateu a Inglaterra, por 7-3, noutro jogo disputado ontem.

A prova será disputada em duas voltas, o que significa que a Selecção Nacional voltará a jogar com as mesmas equipas, obedecendo a mesma sequência na terça, quarta e quinta-feira. Os primeiros classificados disputam a final, marcada para sexta-feira. 

Moçambique tem como

meta chegar ao Grupo “A” 

SEGUNDA PARTE DE LUXO

Jogando no pavilhão Isaac Gálvez debaixo de uma humidade intensa –as temperaturas rondam os 40 graus nestas alturas em Barcelona –, a equipa nacional impôs-se no jogo tal como se pedia e logo no primeiro minuto colheu os frutos. Diego Pimentel, com um belo gesto técnico –passou por trás da baliza, levantou a bola e voou por cima do guarda-redes –, colocou Moçambique em vantagem no marcador.

O mais novo da família de hoquistas (Pimentel) entrou para a história ao tornar-se no primeiro jogador a marcar um golo pela selecção sub-19 num Mundial. Não tardaria para que o colectivo nacional chegasse ao 2-0, desta vez da autoria de Pimentel Jr., antigo capitão, e filho de Pedro Pimentel, também ele antigo internacional pela selecção moçambicana. 

Tudo parecia bem encaminhado no sentido de a Selecção Nacional resolver o jogo ainda na  primeira parte, mas a equipa indiana reagiu bem e reduziu aos nove minutos.

Por Ivo Tavares, em Barcelona

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,72 62,95
ZAR 4,18 4,26
EUR 68,69 70,06

18.10.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 268 visitante(s) ligado(s) ao Jornal