A NÍVEL DA SADC: Convulsões na África do Sul podem constranger comércio

- Aly Jamal, especialista em Relações Internacionais e em Resolução de Conflitos e docente na Universidade Joaquim Chissano

A dimensão dos actos de violência que varreram nos últimos dias a África do Sul, concretamente as províncias de Kwazulu-Natal e Gauteng, deixou muita gente preocupada. De momento contabilizam-se mais de duas centenas de mortos e perto de 2550 detenções.

Para nos ajudar a fazer a leitura destes acontecimentos domingo ouviu o académico Aly Jamal, especialista em Relações Internacionais e em Resolução de Conflitos e docente na Universidade Joaquim Chissano (UJC), para quem as convulsões poderão ter um impacto negativo nas trocas comerciais na SADC.

Abordando a origem dos tumultos, Aly Jamal explica que a evolução do problema inicial sofreu abalo, manipulação e interferências negativas que fizeram evoluir o assunto para produzir a convulsão. “Esta não aparenta ter motivações exclusivamente políticas associadas a Jacob Zuma. Tem também motivações sociais de outra índole”.

Siga a entrevista. Leia mais... 

Texto de André Matola

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Sábado, 17 Jullho 2021 20:49