DIA MUNDIAL DO PATRIMÓNIO AFRICANO: Preservação e valorização no cerne das celebrações

O mundo – África em particular – celebra, dia 5 de Maio próximo, o Dia do Património Africano. Sob o Lema “Artes, Cultura e Património: Factores Essenciais para a Construção da África que Queremos”, a Faculdade de Artes e Letras da Universidade Eduardo Mondlane, como forma de assinalar a data, promove um Webinar com o objective central de chamar a atenção sobre a riqueza patrimonial cultural e natural de África, onde grande parte dos sítios históricos encontram-se na Lista dos Bens do Património em Perigo.

O debate, moderado pelo Prof. Doutor Hilário Madiquida, Arqueólogo -UEM e Coordenador do Projecto Biocultural Heritage: Developing New Heritage Industries (UEM-Uppsala), a ter lugar no dia 5, a partir das 10:00 horas, contará com as intervenções de Solange Macamo, que se debruçará sobre o tema “A utilização do Património Cultural Marinho, em Beneficio das Comunidades Costeiras na África Oriental”; Arti Chandra – “Proposta da Classificação do Arquipélago das Quirimbas como Património Misto da UNESCO”; Sidónio Matusse – “Património Cultural como Instrumento para a Construção da Paz” e Janete Matusse – “O Património Cultural Subaquático na Ilha de Moçambique: Um Olhar sobre os Impactos Ambientais, Sócio Culturais e Politicas Nacionais de Protecção”.

O objectivo destas apresentações é proporcionar um debate à volta do património e a necessidade da sua protecção e preservação, em benefício das comunidades locais, no contexto da nova abordagem da Rede Rising From the Depths, da qual a UEM é parte, juntamente com algumas Universidades do Reino Unido. Esta Rede surge também como uma forma de contribuir para a investigação sobre o património cultural marinho da África Oriental, sendo por isso oportuna para as celebrações do dia 5 de Maio. Leia mais...

Texto de Belmiro Adamugy

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)