O livro traz elementos da gestão cultural

– Zeca Tsamba, a propósito da obra sobre indústrias culturais e criativas

Com 132 páginas, o livro “Indústrias Culturais e Criativas – O que são e como gerir?”, da autoria de Matilde Muocha, Zeca Tsambe e Emanuel Dionísio, é uma obra que aborda conceitos, contexto histórico e político, económico e cultural. A obra será lançada brevemente em Maputo. Para melhor compreender o seu conteúdo, conversámos com Zeca Tsamba.

Qual é o contributo do livro para a sociedade moçambicana?

Muitos dos autores que abordam sobre as indústrias culturais e criativas são, na sua maioria, de origem europeia, sendo que as discussões que fazem sobre este conceito reflectem o contexto histórico, político, económico e cultural no qual estão inseridos. Porém, oferecem bases para compreensão do conceito no sentido amplo, sem olhar para as singularidades dos países.

E este livro traz uma perspectiva diferente?

O livro representa um ganho para a sociedade moçambicana, principalmente para os profissionais das áreas culturais e criativas, pois, para além de mostrar como o conceito das indústrias culturais e criativas deve ser compreendido tendo em conta a realidade moçambicana, traz consigo elementos de gestão cultural, explicando, passo a passo, como montar um negócio cultural e criativo. Leia mais...

Que passos são esses?

Texto de Frederico Jamisse

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Sábado, 21 Novembro 2020 21:06