“Águia ou Galinha”: entre o ser e o não ser

Conhecida por questionar as adversidades do universo feminino, a coreógrafa e bailarina Edna Jaime apresenta a 4 deste mês a peça “Águia ou Galinha”, no Centro Cultural 16 Neto, a partir das 19.00 horas.

Segundo explica a artista “Águia ou Galinha” é a introspecção diária a volta do ser e o não ser... a busca e a construção da identidade.

O título, provocativo, não é ao acaso: “vai à volta de uma inquietude sobre a volta do ser e do sujeito. Ou seja, como o ser humano se vê, como é visto, quem realmente é, quem normalmente costuma- -se impor a ser”, esclarece.

Edna Jaime também pretende lembrar que cada ser humano é importante e tem um papel preponderante neste mundo. “A verdade é que esta é uma questão que vive dentro de mim como mulher, afinal, nós sofremos muitas pressões. Expectativas são construídas à volta do nosso ser e, muitas vezes, se ofusca aquilo que são as nossas próprias visões, vontades e sonhos. Há sempre esta procura de equilíbrio entre aquilo que sou e ou que se espera”.

Com uma estética coreográfica que se constrói a partir de movimentos e ritmos puramente tradicionais que estarão ao cargo do instrumentalista May Mbira, a obra inspira – se também naquilo que tem sido o dia-a-dia de todos neste período da covid-19.

Edna Jaime já representou Moçambique em vários festivais internacionais de dança. É também actriz e já contracenou com a inglesa Naomi Watts no filme “DIANA” , que retrata a vida e a morte da princesa inglesa, bem como o papel principal na curta-metragem “Mahla”, que foi considerada uma das 10 melhores curta- -metragens de África.

 

Classifique este item
(0 votes)