Print this page

O regresso do cinema

Agosto 29, 2020 319

As salas de cinema nacionais vão reabrir as portas, a partir do dia 1 de Setembro, com novos procedimentos e medidas de segurança para trabalhadores e espectadores, depois de quatro meses encerradas devido à pandemia do novo coronavírus.

Com efeito, mudanças foram operadas, destacando-se o intervalo maior entre uma sessão e outra, para que haja higienização de todos as cadeiras; a redução do número de espectadores nas salas, com um metro de distância uns dos outros; também o uso obrigatório de máscara por parte do público e dos trabalhadores.

O Cinema Lusomundo Maputo, que lidera quando o assunto é exibição comercial, está já a se preparar, criando condições de segurança para a sua reabertura. Ainda sem data exacta de abertura, “estamos a reorganizar todos os processos de segurança. O uso de máscaras será obrigatório, os espectadores sentar- -se-ão em cadeiras com um metro de distância nas laterias e nas partes frontais e traseiras”, diz Salvado Magule, operador de cinema.

Apesar de estar feliz com a reabertura, admite que a realidade será completamente diferente da anterior. “Fizemos alguns cálculos e concluímos que apenas teremos 33% das nossas cadeiras ocupadas. As restantes não. Isto significa uma quebra de aproximadamente 70% do que fazíamos anteriormente. Não será fácil”. Leia mais...

Texto de Maria de lurdes Cossa

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)