PARA MOÇAMBIQUE: Gerir a pandemia é um sério desafio ‒ afirma Pietro Toigo, representante residente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), em entrevista exclusiva ao domingo

O BAD é um parceiro estratégico do nosso país para o desenvolvimento de vários sectores económicos e, na sua estratégia de intervenção para 2018 a 2022, prevê a aplicação de 1,3 bilião de dólares com os quais pretende contribuir para acelerar a transformação económica com vista a criar empregos necessários para reduzir de forma efectiva e sustentável a pobreza e a desigualdade espacial.

Foi neste prisma que entrevistámos Pietro Toigo, representante residente desta instituição, com o qual abordámos os mais variados aspectos da cooperação, tendo como fulcro a presente pandemia e suas mazelas, os desafios económicos do país e as perspectivas de desenvolvimento. Dessa entrevista extraímos e aqui apresentamos os mais salientes excertos.

Que apreciação faz do impacto da covid-19 na nossa economia?

Para além do sector da saúde, o impacto macro-económico e no emprego poderá ser muito sério.

A nível macro-económico o que pode acontecer?

Há queda dos preços de bens primários exportados por Moçambique, nomeadamente do alumínio, carvão e do gás natural liquefeito que já está a afectar a balança comercial e as rendas fiscais.

E na área social?

As medidas de distanciamento e restrição aos movimentos das pessoas, para além de necessárias, para salvaguardar vidas, poderão ter um impacto extremamente grave para os segmentos da população mais vulneráveis, tendo em conta a natureza prevalecente informal da economia do país, onde os trabalhadores são principalmente por conta própria e não dispõem de recursos para gerir flutuações nos rendimentos. Na verdade, estamos perante uma emergência complexa e possivelmente prolongada, que precisará de uma forte coordenação das acções do Estado e dos parceiros internacionais.

Como avalia as medidas económicas até aqui tomadas? Leia mais...

Texto de Jorge Rungo

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)
Script: