Moçambique sobe hoje ao palco Festival MASA

A delegação artística moçambicana apresenta, hoje e amanhã, a partir das 20:30 horas, a obra coreográfica “Theka” ao mercado internacional de Artes Performativas (MASA), evento que decorre na cidade de Abidjan, Costa do Marfim, desde o passado dia 07 de Março. 

O festival MASA que vai já na sua na 11ª edição e que regista diariamente um crescente número de espectadores de vários lugares, é uma oportunidade para ver o que de melhor se faz em África, Europa, América e Ásia, em artes performativas.

Idio Chichava, um dos coreógrafos da obra Theka, garante um espectáculo à altura do evento por forma a mostrar o potencial de Moçambique no que se refere às artes.

 “Queremos marcar o festival com qualidade. Ontem tivemos os últimos ensaios e estamos preparados para subir ao palco e mostrar ao público o estágio da criação em Moçambique,” assegurou.

O espectáculo  terá lugar na terceira maior sala do palácio de cultura “Salle Kodjo Ebouclé”, um espaço com capacidade para receber 300 pessoas.

O projecto Theka é constituído pelos coreógrafos Idio Chichava e Horácio Macuacua e pelos bailarinos e músicos da companhia Hodi: Érzenia Tamele, Eugénio Mucavel, Armando Nhamucume, Judith Novela, Nigénio Cossa, Paulo Inácio, Vasco Sitoe, Augusto Manhiça, Elias Manhiça. Também tem a participação de artistas independentes: Nandele Maguni, Martins Tuvanji e Osvaldo Passarivo.

“Theka” é um desafio proposto por Quito Tembe, director da Yodine Produções, cenógrafo e produtor da plataforma de dança Kinani, aos coreógrafos moçambicanos para inserirem, nas suas criações, uma nova visão artística que envolve aspectos tradicionais dentro de uma realidade contemporânea.

Maria de Lurdes Cossa, em Abidjan

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Quarta, 11 Março 2020 15:56