Um procurador dos bons!

“À mulher de César não basta ser honesta, deve parecer honesta”, esta frase refere-se à segunda mulher de Júlio César, Pompeia, de quem ele se divorciou por suspeitar que o traíra, mesmo sem ter provas.

Este provérbio secular parece encaixar muito bem na triste história que Bula-bula acompanhou por aí e que o deixa ainda de cabelos em riste. Exactamente por tratar-se de um insólito não resiste partilhar com os seus brothers, mesmo por uma questão de desabafo. É de bradar os céus.

Basta de tretas, vamos aos factos.

Um procurador afecto ao distrito de Matutuine, província de Maputo, foi encarcerado na semana finda pela Polícia da República de Moçambique (PRM), na Matola, indiciado de porte ilegal de arma de fogo do tipo pistola. Isso mesmo, uso de arma ilegal. Leia mais...

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Sábado, 11 Janeiro 2020 19:28