A Cidade de Maputo vai acolher o 14º Festival Internacional de Língua e Cultura, no próximo dia 26 do mês em curso. Trata-se de um evento organizado pela Willow International School cujo lema é “Cores do Mundo”.

Ofestival irá decorrer no Centro Cultural da Universidade Eduardo Mondlane e contará com 50 jovens mo­çambicanos e 70 de países con­vidados.

A iniciativa tem o objectivo de difundir entre os jovens a cultura de paz, união, tolerância, solidariedade e amizade entre os povos de diferentes quadrantes do mundo.

Presente em Moçambique desde 2003, a Willow convidou para o evento cultural 15 países designadamente: EUA, Tunísia, Uganda, Brasil, Alemanha, Ban­gladesh, Roménia, Zâmbia e Bie­lorrússia.

Segundo o Director daquela instituição, Erdal Polat, o festival será um momento único para os grupos culturais de cada um dos países exibir os aspectos princi­pais de sua cultura e língua.

O Festival Internacional de Língua e Cultura servirá para estudantes de diferentes cul­turas partilharem emoções, estabelecer amizade e talvez mudar as suas mentes e con­ceitos acerca da cultura e do mundo, disse.

Num outro momento acres­centou que o festival será uma oportunidade para os estudantes estrangeiros estabelecerem contacto e conhecer Moçambique. Desde o seu povo, línguas, his­tória, cultura, turismo, dado que ao longo da sua estadia terão a ocasião de efectuar visitas a lo­cais de referência para o feito.

Por seu Turno, Asman Yildi­rim, porta-voz do Festival em Moçambique, avançou que tam­bém vão participar do evento crianças e adolescentes do In­fantário 1º de Maio.

Este festival visa criar união entre o mundo pois ac­tualmente vivemos num mun­do global e “sem” fronteiras, disse.

Refira-se que eventos simila­res terão lugar em vários países do mundo ao longo do presente ano. O Grupo moçambicano que irá desfilar no festival de Mapu­to tem convites para actuar nos Estados Unidos da América, Bél­gica, Alemanha, África do Sul, Tanzânia, Romênia, Cazaquistão. ­