A aldeia de Nwadjahane, localizada no distrito de Manjacaze, província de Gaza, acolhe no próximo dia 20 de junho corrente, a Primeira Edição do Festival Xingomana sob o lema “Celebrando Eduardo Mondlane”.

A envolver grupos que praticam a dança tradicional Xingomana oriundos de todos os distritos da província de Gaza, o festival irá premiar os melhores conjuntos dado que se assume como uma plataforma de competição entre os envolvidos. Este projecto celebra a vida e obra de Eduardo Mondlane daí a escolha da terra natal do Arquiteto da Unidade Nacional para a sua realização.

A iniciativa, segundo os seus mentores, visa por outro lado, candidatar a expressão Xingomana na Lista Mundial do Património Cultural da UNESCO, integrar os conteúdos sobre esta dança no curriculum local que por sua vez deverá estimular palestras, debates e concursos nas escolas locais aumentando mais, não só o conhecimento, a viabilidade e informação sobre a cultura de Xingomana e vida de Eduardo Mondlane, a nível nacional, regional e internacional mas também perpetuar, promover e garantir a salvaguarda desta tradição.

O Festival Xingomana vai demonstrar a ligação intrínseca entre cultura e turismo provando que cultura é veículo de desenvolvimento social, cultural e económico. Mwadjahane ficará como referência de turismo cultural da comunidade, tendo como suporte a vida e obra de Eduardo Mondlane, perpetuando assim os ideais de Eduardo Mondlane, contribuindo para a melhoria das condições de vida das comunidades de Nwadjahane que terão oportunidades de negócios na região.

Organizado pela Nkateko Produções e N’Tchaila Produções, este evento conta com o patrocínio do Moza Banco, Banco de Moçambique, Águas da Namaacha, Tropigália e Pro-Data. Parceiros institucionais: Ministério da Cultura e Turismo, ARPAC, UNESCO, Festival Canda, Casa da Cultura de Gaza, Associação de Empoderamento da Mulher Hikone, Direcção Provincial de Educação e Cultura de Gaza, Instituto Superior de Artes e Cultura, Fundação Eduardo Mondlane, Fundação Casa da Aguia.