AMarrabenta, um estilo musical predominante na região sul do país, vai ganhar um documentário designado “Marrabenta – Música para a Vida”. Trata-se de uma iniciativa da Cine Group, produtora brasileira, que tem como finalidade divulgar nacional e internacional, esse estilo musical,criado na década 30.

O documentário tem como protagonistas lendas vivas e grandes autores da Marrabenta nomeadamente Dilon Djindji, Wazimbo, Chico António, Mingas e João Domingos,cujopúblico terá a oportunidade de conhecer a sua intimidade e rotina.

Para retratar a história daquele ritmo, os músicos acima referenciados farão um espectáculo que servirá de base musical para o documentário. Será feito ainda um registo da carreira e vida pessoal dos mesmos, isto é, onde vivem, suas rotinas, amigos, família, admiradores, além de curiosidades que marcaram suas vidas.

O resultado será um retrato da arte destes músicos, fundamentais para se compreender a cultura contemporânea de Moçambique.

O documentário conta também com a participação do músico e etnomusicólogo Moreira Chonguiça.

Segundo Mónica Monteiro, produtora da Cine Group, “Marrabenta – Música para a Vida” será um documentário que vai valorizar os artistas que iniciaram esse movimento. Porque se o Samba é brasileiro e o Fado é português, a Marrabenta também tem que ser evidenciada como de Moçambique”.

Mónica Monteiro disse que as gravações estão a decorrer num bom ritmo e o documentário estará pronto no segundo semestre do corrente ano. Com isso, nos meses de Agosto e Novembro, será divulgado em Moçambique e Brasil, respectivamente.“Vamos exibí-lo nas televisões dos dois países e outros países, para que as pessoas tomem conhecimento desse estilo musical.

O projecto conta com a realização do moçambicano Victor Lopes, radicado no Brasil há 37 anos, que volta à sua terra natal pela primeira vez, desde que sua família deixou o continente logo após a Independência.

Victor Lopes diz ser uma honra realizar um filme sobre a Marrabenta na sua terra natal e retratar a potência rítmica, poética e filosófica do seu universo.

A produtora Cine Group (antes CINEVIDEO) está há 18 anos no mercado, sendo que é especializada no desenvolvimento de programas de televisão, documentários, vídeos, filmes publicitários, além de curtas e longas-metragens.

Cine Group já fez trabalhos como Chegadas e Partidas, Boas Vindas, Mulheres de Aço, Parto Pelo Mundo/GNT, Destino Educação/TV Futura, Mama África, Mulheres Africanas – A Rede Invisível, documentário exibido nos cinemas das principais capitais brasileiras, entre outros.

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 61,11 62,29
ZAR 4,16 4,24
EUR 67,19 68,49

12.09.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 307 visitante(s) ligado(s) ao Jornal