Estradas ou corredores da morte?

-Mais de quatrocentas pessoas morreram até ao momento vítimas de acidentes de viação

Oacidente de Maluana, que causou a morte de pelo menos 32 pessoas, levantou o véu sobre um mal que devia chamar a atenção de todos: os nossos automobilistas conduzem mal. Estão a matar. Deviam ser reeducados e responsabilizados.

Sé este ano (ainda estamos no sétimo mês) Moçambique já registou 452 acidentes de viação e 417 óbitos.

Ou seja: estatisticamente mais de três acidentes são reportados por dia e mais que duas pessoas morrem também diariamente nas nossas estradas.

Nada mais sintomático para a busca de uma terapia colectiva. domingo ouviu escolas de condução, instrutores de condução e diferentes personalidades sobre a matéria (ler texto ao lado).

A secretária permanente do Ministério dos Transportes e Comunicações (MTC), Dina Ribeiro, disse ontem em Maputo que estes dados representam uma tendência de aumento de casos de acidentes na ordem de seis por cento, contrariando TODO o ano passado que registou 900 acidentes que redundaram em 850 mortos. Leia mais... 

Classifique este item
(0 votes)