Avaria condiciona fornecimento de energia na cidade de Maputo

Algumas zonas da cidade de Maputo estão desde a manhã de sexta-feira (26) a ser abastecidas por meios alternativos, na sequência de uma avaria do transformador de energia eléctrica que alimenta a baixa da cidade.

A avaria registada por volta das 9 horas afectou, além da zona baixa da cidade, os bairros da Malanga, Chamanculo e Alto Maé, abrangendo cerca de nove mil clientes alimentados pela subestação.

De acordo com Celso Saete, director da divisão de transporte Sul da EDM, desconhecem-se as causas da avaria, tendo sido destacada uma equipa de técnicos da Electricidade de Moçambique (EDM) que efectua trabalhos no sentido de identificar as causas e posterior resolução.

Saete explicou que a pressão gerada pela falta do equipamento poderá gerar restrições sobretudo nos dias úteis, podendo condicionar o fornecimento de energia nos próximos dias.

Entretanto, considerou prematuro avançar datas, acrescentando que tudo está dependente da avaliação que será feita pela equipa de técnicos que trabalha no local desde o momento da avaria

“Se soubéssemos qual é a avaria seria fácil planificar as datas, mas, no momento, ainda estamos a diagnosticar a anomalia, a equipa busca elementos que possam nos facilitar identificar as causas, podendo levar horas, dias e até semanas”, referiu.

Segundo Saete, o transformador avariado é um equipamento especificado que contém características diferenciadas e qualquer anomalia que manifeste exige um protocolo criterioso para a sua verificação.

Acrescentou que, com recurso a meios alternativos, foi possível repor, duas horas depois, metade do consumo da subestação, priorizando os serviços sociais básicos como hospitais, centros de abastecimento de água, principais instituições do Governo e o restante dos consumidores, até o final do dia.

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Sábado, 27 Março 2021 18:57