Escassez de mercadoria assola transportadores de carga

Com a redução da oferta de produtos e serviços devido aos efeitos da pandemia de Covid-19, associada a contínua subida da taxa de inflação e consequente desvalorização do Metical face ao dólar, os transportadores de carga portuária vêem seu pão a escassear.

Segundo a Associação dos Transportadores do Porto de Maputo (ATPM), isso acontece porque o volume de carga que sai do Porto reduziu em pouco mais de 50 por cento.

Oliveira Massango, em representação do presidente da ATPM, disse que o trabalho de transporte de carga ficou comprometido com a redução das importações a partir de Moçambique, mas também refere que as exportações também reduziram.

Eduardo Changule
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Classifique este item
(0 votes)