EM APENAS CINCO MESES, NO PAÍS: Apreendidas 300 toneladas de frango contrabandeado

Mais de 300 toneladas de frango e seus derivados contrabandeados, principalmente da África do Sul, foram apreendidas de Junho a esta parte, numa operação levada a cabo pelas autoridades com vista a assegurar mercado para o produto nacional.

Moçambique consome cerca de 123 mil toneladas de frango e seus derivados por ano e parte desta quantidade é garantida pela produção nacional. No entanto, o país continua a registar a importação ilegal de frango que acaba por ser vendido a preços relativamente baixos.

Apesar disso, esta indústria está a crescer, sobretudo nas províncias de Maputo, Manica e Nampula, onde estão instaladas grandes empresas que respondem por uma parcela considerável da demanda nacional.

Até ao ano passado eram emitidas quotas para suprir o défice através da importação, sobretudo durante a quadra festiva para fazer face à demanda desta época, mas estas foram reduzindo ao longo dos anos, de tal forma que grande parte do frango consumido é local. 

“Isto mostra que a indústria nacional consegue abastecer o mercado. É verdade que ainda não chegámos a níveis de auto- -suficiência que é o objectivo do Governo”, reconhece Rui Mapatse, inspector-geral do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural (MADER). Leia mais...

Texto de Angelina Mahumane

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)