Turismo cultural será explorado em Chimanimani

As potencialidades da rica história tradicional existente no Parque Nacional de Chimanimani, na província de Manica, serão documentadas com vista à promoção e exploração do turismo cultural e a preservação do património que se encontra naquela área de conservação.

Segundo o ARPAC-delegação de Manica, a partir de Janeiro de 2021 vão decorrer estudos socioculturais do património existente em reconhecimento de que o Parque Nacional de Chimanimani possui um enorme potencial para a indústria do turismo.

Desenvolvido para explorar o património capaz de alimentar o turismo, espera-se que o projecto, que irá decorrer sob o signo Pesquisa e Documentação Sociocultural, termine em meados de 2022.

O estudo realizar-se-á em estreita colaboração com as doze comunidades que habitam na zona adjacente ao parque, esperando-se que o resultado possa contribuir para a preservação do património sociocultural da região como também para o desenvolvimento económico das populações.

Espera-se ainda que sejam produzidos catálogos, folhetos, placas e brochuras sobre o património cultural de Chimanimani com vista à sua melhor divulgação e promoção na área do turismo.

O projecto passará pela recolha de informação junto das comunidades e respectiva sistematização, culminando com momentos de consulta popular para a apresentação do material obtido ao longo da pesquisa. Leia mais...

Texto de Benjamim Wilson

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)