Porto de Macuse arranca em 2021

A informação de que tudo está a ser feito para a concretização do projecto de construção de um porto de águas profundas e respectiva linha-férrea em Macuse representa um acalentar de esperanças dos habitantes da província da Zambézia pelo seu impacto no desenvolvimento de toda a região Centro de Moçambique e não só.

Na visita recente que o Chefe de Estado, Filipe Nyusi, efectuou à Zambézia disse estar ciente da pertinência da construção das duas importantes infra- -estruturas, razão pela qual o Governo e o sector privado estão a trabalhar para operacionalizar a primeira fase do terminal do porto de Macuse, no distrito de Quelimane.

Aliás, sabe-se que a construção do porto vai dinamizar o comércio de produtos agrícolas, sobretudo nesta altura da expansão do programa SUSTENTA e outras iniciativas que se poderão traduzir na melhoria da produção e cadeia de valores.

A província da Zambézia tem enormes desafios para incrementar os níveis de produção do arroz e ananás em toda a sua cadeia, no âmbito da transformação do potencial agrícola, mineiro, florestal, pesqueiro e turístico em riqueza real para melhorar a qualidade de vida da população.

OBRAS PODERÃO ARRANCAR EM 2021

As obras de construção do porto de Macuse poderão arrancar em 2021. O presidente do Conselho de Administração da Mozambique Thai Logistic, Orlando Marques, disse recentemente que o arranque da empreitada está condicionado ao fim do reassentamento das famílias afectadas pelo traçado do projecto. Sabe-se, entretanto, que este trabalho será concluído no primeiro semestre de 2021. Leia mais...

Texto de Jocas Achar

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)
Última modificação: Sábado, 12 Setembro 2020 21:22
Script: