CTA sugere medidas excepcionais e urgentes

Baseado num estudo da sua autoria, a Confederação das Associações Económicas (CTA) pretende apresentar ao Governo, na próxima semana, propostas para o país fazer face ao coronavírus, Covid-19. No referido estudo, a CTA diz que a pandemia do Covid-19 vai afectar largamente os sectores do Turismo, no campo da Hotelaria e Restauração, com perdas de 95 por cento, Transportes, na Aviação Civil e Transporte rodoviário, que pode ter perdas de 70 por cento, e o sector da Agricultura, cujos prejuízos podem ser de 47 por cento.

A título de exemplo, diz que o sector do Turismo será o mais afectado, com perdas compreendidas entre 80 e 95 por cento, cujo valor das perdas estima-se entre 3,4 a 4,6 mil milhões de Meticais, respectivamente. Por outro lado, aponta que o sector relativamente menos afectado deverá ser o da construção, com perdas compreendidas entre 10 e 20 por cento, que correspondem a 599 milhões e 1,1 mil milhões de Meticais, respectivamente.

“Num cenário pessimista o valor total da perda do sector empresarial poderá situar-se em 12,8 mil milhões de Meticais, correspondente a 234 milhões de dólares, e ainda num cenário pessimista, estas perdas poderão ascender a 18,6 mil milhões de Meticais, o correspondente a 375 milhões de dólares”, diz o estudo da CTA. Leia mais...

Texto de Jorge Rungo

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Classifique este item
(0 votes)