“Saúde e estética”; “qualidade de vida” e “perda de peso”, eis os gritos mágicos que motivam a mulherada de diferentes faixas etárias e classes sociais a investir entre uma e duas horas dos cinco dias da semana na prática de exercícios físicos nos diferentes ginásios e ou academias.

Elas recuperam a estética e aumentam a auto-estima. Os equipamentos sofisticados e multifuncionais conspiram a favor. Revelam que dentro daqueles lugares ou ambientes com paredes pintadas a cores vibrantes com domínio do preto, azul e laranja e algumas paredes com pinturas de grafite sua- -se à grande. Tudo é feito ao som da música electrónica, e assim tem sido o dia-a-dia dos ginásios locais.

Entretanto, os especialistas em treino físico advertem que não basta inscrever-se e almejar um corpo dos sonhos. É preciso que o potencial atleta passe por uma avaliação física para se apurar a capacidade e aptidão para cada exercício. Repisam também a importância da alimentação como uma peça-chave nos propósitos buscados naqueles ambientes. Advertem, igualmente, em relação ao facto de estarem a surgir ginásios com pessoal sem nenhuma formação em preparação física, o que constitui um risco para os praticantes que ali se submetem.  

domingo visitou alguns ginásios e interagiu com algumas atletas que falaram das suas motivações.  Leia mais...

Texto de Luísa Jorge 

 

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.