MAIS de um milhão de alunos de Nova Iorque regressam hoje às escolas, que reabrem uma semana depois a passagem do furacão Sandy pelos EUA.

De acordo com o presidente da Câmara  de Nova Iorque, Michael Bloomberg, das 1.700 escolas existentes, apenas 65 vão continuar encerradas, ou porque ainda estão inundadas ou porque estão transformadas em centros de acolhimento.

“É muito importante que as crianças voltem às escolas”, defendeu Michael Bloomberg, em conferência de Imprensa, explicando que representa o regresso à normalidade de mais de um milhão de alunos.

O presidente da Câmara de Nova Iorque adiantou que ainda há actualmente 178 escolas sem energia eléctrica, mas é expectável que o problema esteja resolvido até hoje.

De acordo com o departamento de energia, cinco dias após a passagem do furacão, ainda há 2,5 milhões de clientes sem electricidade na costa este dos EUA. O furacão Sandy causou uma centena de mortos e prejuízos estimados de 50 mil milhões de dólares.