Redacção

Leonor Mutambe perdeu o seu marido no ano de 2009. Quando o ‘céu se fechou’, decidiu assumir o comando da casa e resolver uma série de questões que se encontravam pendentes. Construir uma residência condigna para a sua família, era uma das prioridades. Sem recursos para contratar mão-de-obra, vestiu-se de macacão, produziu blocos e, na altura de executar a obra, auxiliou os seus sobrinhos a erguer a casa.

Trata-se de uma mulher e tanto. De 51 anos de idade, mãe de cinco filhos, o mais velho com 30 anos e trabalhador das minas na África do Sul, vem enfrentando há aproximadamente duas décadas dificuldades no seu dia-a-dia.

O seu casamento com o finado marido, parece não ter sido das melhores decisões da sua vida. Após migrarem de Zavala para a capital do país, Maputo, em 1999, e instalarem-se em Sikwama, município da Matola, optou, a dada altura, por residir na terra do rand, onde o marido tinha o seu ganha-pão.

O que ela não esperava é que, seis meses depois, seria deixada ao Deus dará. “Abandonou-me e fugiu com outra mulher. Fiquei sozinha numa casa arrendada”. Quem a safou foi uma vizinha que, sensibilizada com a sua condição, criou condições para que voltasse à Moçambique.

Entretanto, os passos do seu marido foram interrompidos quando em 2009 viu-se obrigado a regressar ao seu país de origem, por motivos de doença.

Leia mais...

 

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique

Mais lidas