Puve lutou até à morte

Carol Banze

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Sepúlveda, sinónimo de humildade e sinceridade, era também o nome de uma menina doce, apaixonada pela moda e pelo jornalismo. A jovem de 23 anos seguiu as trilhas em direcção à realização dos seus sonhos: ingressou no seu curso de eleição e lançou-se no mundo fashion. No entanto, à madrugada da segunda-feira última, um grupo de bandidos violou-a sexualmente até à morte. “Puve (Sepúlveda) a file!” (Sepúlveda morreu), gritou uma vizinha ao dar a triste notícia aos familiares da jovem.

Esta voz desesperado- ra irrompia, assim, quintal adentro para alertar à família Nhas- sengo do infortúnio que acabara de acontecer. “Era perto das 6.00 horas da ma- nhã, uma vizinha entrou na nossa residência, aos gritos, para informar que a Puve tinha sido encontrada sem vida, numa das esquinas do bairro”, conta Sidney Tomé, ir- mão da vítima. 

Leia mais...

Pub