ÁREA DE CONSERVAÇÃO: Parque das Quirimbas será primeira reserva de biosfera

O Parque Nacional das Quirimbas integrado no arquipélago das Quirimbas, em Cabo Delgado, aguarda com ansiedade e optimismo a sua confirmação pela UNESCO como reserva de biosfera, o que, a se concretizar, será o aval da proposta feita pelas autoridades moçambicanas.

Tudo indica que o reconhecimento poderá acontecer em meados do próximo ano, coincidindo com o aniversário do estabelecimento do parque (6 de Junho de 2002). Esta área de conservação compreende sete distritos, nomeadamente Ibo, Quissanga, Macomia, Meluco, Ancuabe, Metuge e pequena parte de Montepuez. Tem a particularidade de convergir dois ecossistemas - terrestre e marítimo.

Entende-se por biosfera as condições ambientais em que se processa a vida animal e vegetal. E investigadores sustentam que Quirimbas reúne os requisitos para ser consagrada a primeira reserva de biosfera em Moçambique.

Segundo o seu administrador, Albino Nhusse, não se tratou de processo fácil pelo facto de o parque estar a ser habitado por muitas pessoas e haver necessidade de se conjugar a vida humana com espécies animal e florestal.

A administração do parque reuniu-se muitas vezes com o Comité de Desenvolvimento das Quirimbas (Condeq) para colher a sensibilidade das pessoas ali residentes. Segundo o censo de 2007, vivem nesta área de conservação cerca de 166 mil habitantes.  

Texto de Benjamim Wilson

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Pub