Regiãode tesouros pouco revelados; um grande pedaço de Moçambique que carregou durante décadas o epíteto de “terra esquecida”, Niassa comemora desde o dia 6 do corrente mês a abertura de alas rumo ao desenvolvimento com a entrega oficial, pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, da Estrada N14, troço Lichinga-Litunde.

A rodovia compreende 66 quilómetros de extensão, com 7 metros de faixa de rodagem. A obra custou mais de 54 milhões de dólares americanos, financiados pelo Governo moçambicano e pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD).

Durante a visita de trabalho àquela província, de 6 a 7 deste mês, Nyusi, acompanhado por João Machatine, Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, e de individualidades naturais de Niassa, como Eduardo Mulémbwè, Aires Ali, Carlos Machili, Mateus Kida e Helena Kida, José Mandra e John Katchamila, inaugurou, igualmente, a ponte sobre o rio Lunho, no distrito de Lago. É um empreendimento pertencente à ANE - província do Niassa, de elevada importância sob ponto de vista socioeconómico, construído à luz dos padrões internacionais e após passar por um estudo hidrológico, de forma a acautelar a ocorrência de invasão de águas e desmoronamento.

Texto de Carol Banze
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique