O Tribunal Judicial do Distrito de KaMpfumo condenou, ao princípio da tarde de hoje, o réu Luís Cezerilo a uma pena de 11 meses de prisão convertida em multa por prática do crime de abuso de função e cargo, enquanto director nacional dos Serviços Penitenciários e Cooperação no Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos.

Segundo a sentença, o colectivo de juízes julgou provado que em Julho de 2010 ordenou a tramitação de visto e passagem de viagem para o Brasil, usando fundos públicos a favor de uma amiga identificada nos autos por Eunice Temba.

Entretanto, a defesa não concorda com a decisão do tribunal e promete interpor recurso.

 

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 197 visitante(s) ligado(s) ao Jornal