Texto de Bento Venâncio

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
 

 

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, disse que o Governo ainda não apurou completamente o que os extremistas em Cabo Delgado reivindicam nas suas acções de desestabilização e terrorismo. “Ainda não sabemoso que querem, nem porque matam”, referiu.

Afirmou que alguns extremistas capturados confessaram que matam civis e queimam habitações devido à pobreza e ao desemprego.

O estadista, que semana finda escalou a província de Tete, sublinhou que o grupo extremista não tem apontado até ao momento uma causa diferente desta e ainda não se retratou com identidade própria. “Estamos empenhadosem saber quem são”, sublinhou.

ALGUNS PREFEREM A MORTE, DIZEM QUE TÊM LUGAR NO CÉU

O Presidente da República revelou que alguns bandidos apostam numa atitude radical, preferindo a morte quando instados a pronunciar-se a respeito dos desacatos que têm estado a promover em Cabo Delgado. “Dizempodem me matar. Vou viver melhorno céu”, citou.

Leia mais...

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique

Mais lidas