Mercedes Benz da AR andam em contramão

No dia 5 de Novembro do ano passado no avião que fazia o trajecto Lichinga-Maputo, com escala em Nampula, viajava o presidente do Conselho da Administração das Linhas Aéreas de Moçambique, António Pinto de Abreu. O seu lugar estava na classe económica, entre duas cadeiras, uma das quais por mim ocupada.

Fez mossa a atitude do PCA, mesmo entre a tripulação que não sabia, provavelmente, que viajaria com o seu boss e naquelas condições. Tinha sido assim que, logo à saída, planeara. Não quis ser “o primeiro a chegar” como podem estar a pensar os que gostam da executiva. Ficou connosco até Maputo, perto de 4 horas depois.

Leia mais

Editorial

Gota-a-gota vamos ficando “secos”
domingo, 18 fevereiro 2018, 00:00
A sabedoria secular ensina que bastas vezes só percebemos o valor da água depois que a fonte seca. Maputo, capital do país, está a braços com restrições no... Leia Mais

Versão-Impressa


Opinião

Desporto

Nacional

Breves

Sociedade

Reportagem

Cultura

Em foco

Temos 222 visitantes em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador