GRÉSSIA, UMA AMIGA DE CARNE OU FANTASMA! (Interrupção)

Texto de Kandiyane Wa Matuva Kandiya

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

“Houve um sonho que tive e ele começou a atemorizar-me; e as visões da minha cabeça me turbaram”, Daniel 4:5

A “Residencial Tilweni” é uma instância turística localizada no coração da cidade. Com a categoria de “três estrelas”, uma casa de pasto com um nível de excelência e qualidade só comparáveis com as que a bíblia diz-nos que existiam no Jardim de Éden. Peguei no celular e digitei o número de Gréssia. Ela, prontamente, atendeu e disse que se encontrava no interior da “Residencial Tilweni”. Voltei a entrar e desta vez decido a encontrá-la. Dentro do recinto, como disse, encontravam-se mais de 150 pares de criaturas todas vestidas da mesmíssima maneira: túnicas brancas e sapatilhas também brancas. A única diferença era que as criaturas do sexo masculino amarravam os compridos cabelos, tipo mechas, com um laço branco na nuca, enquanto as do sexo feminino tinham-nos, cabelos, soltos nos ombros. Vasculhei todas as mesas de dez pessoas cada e quando já estava perdendo esperanças de reencontrar-me com a Gréssia, sim a tal Gréssia com dois “Ss”, essa que não tem nada a ver com Grécia do grande cavalo de madeira usado pelos gregos durante a Guerra de Tróia, alcancei a última mesa juntinha à entrada (ou saída, como se queira). Sentadas, estavam nove criaturas e havia uma cadeira vaga. À minha aproximação, todas as ocupantes levantaram-se e gritaram em uníssono: Bem-vindo companheiro! Estávamos à tua espera. Ocupa a tua cadeira.

Leia mais...

Pub