QUASE LINCHADAS POR FURTAR COCOS

Texto de André Matola

matolinha@gmail.com

Batendo a mesma tecla semanas a fio é provável que as coisas não caiam no esquecimento e acabem resolvidas. É o que nos ensina o dia-a-dia.

Semana finda, duas senhoras escaparam ao linchamento na cidade de Maputo quando surpreendidas a carregar quase 200 cocos furtados para uma carrinha de caixa aberta. Mas não escaparam a tareia. 

A motivação para a tentativa de furto pode ter sido o preço, porque está em alta. Por estes dias cada coco é vendido a 35 Meticais. Quer dizer, iam perder a vida por causa de 7 mil Meticais. Se recorrermos à estatística, ironicamente, diríamos que a vida de cada senhora custa 3 mil e 500 Meticais. Contudo, não se brinca nem se quantifica a vida humana. 

O linchamento é repugnante seja por que motivo for e não pode, nem deve fazer escola na nossa sociedade. 

Leia mais...

Editorial

Carreiras dos professores primários e secundários
domingo, 07 janeiro 2018, 00:00
Decididamente, 2018 poderá ser ano memorável para os professores dos ensinos primário e secundário, com a introdução, em breve, de carreiras profissionais, medida... Leia Mais

Versão-Impressa


Opinião

Desporto

Nacional

Breves

Sociedade

Reportagem

Cultura

Em foco

Temos 541 visitantes em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador