O Chefe do Estado moçambicano, Filipe Nyusi, assinalou, a 15 de Janeiro, quatro anos de governação do país. Destacam-se várias realizações durante este período, desde sociais, económicas e políticas. domingo saiu à rua para ouvir dos seus leitores quais os elementos que mais os marcaram.

O presidente da Câmara dos Despachantes Aduaneiros, Dixon Chongo, mostra-se satisfeito com a redução do tempo de desembaraço aduaneiro de mercadorias no país, de 21 dias para 48 horas, com a introdução do sistema de desalfandegamento denominado Janela Única Electrónica (JUE).

O presidente da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP), o moçambicano Salimo Abdula, reafirmou a necessidade da livre circulação de pessoas, bens e capitais nos países da CPLP, assim como dentro dos blocos regionais em que estas nações estão inseridas.

A Polícia da República de M o ç a m b i q u e (PRM) deteve, há dias, na cidade de Maputo, três indivíduos que se faziam passar por agentes da Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE).

E duardo Chiziane, jurista e académico moçambicano, entende que Manuel de Araújo, eleito como cabeça-de-lista da Renamo para o Conselho Autárquico de Quelimane nas eleições de 10 de Outubro último, “em princípio não poderá tomar posse em virtude de à data das eleições estar em situação de inelegibilidade por ter concorrido pelo partido diverso do que o elegeu em 2013’’.

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique