… e desactiva clínica clandestina em Sussundenga

A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve, recentemente, quinze cidadãos que se dedicavam à exploração ilegal de ouro na zona de Mussapa-Chimanimani, distrito de Sussundenga, província de Manica.

Trata-se de cidadãos de nacionalidade moçambicana com idades que variam de 19 a 60 anos. Durante a neutralização destes indivíduos, a PRM também apreendeu, aproximadamente, dois quilogramas de “cannabis sativas”, vulgo soruma, oitenta pás, motobombas, entre outros instrumentos usados pelos garimpeiros para abertura de buracos e lavagem de ouro.

A Polícia desactivou, ainda, uma clínica clandestina que funcionava na zona de Chimanimani, residência de um cidadão de nacionalidade moçambicana, para “cuidados” de saúde na zona de Mussapa e arredores.

Na referida residência, a PRM encontrou elevadas quantidades de fármacos, na sua maioria antibióticos, antirretrovirais, medicamentos para tratamento da tuberculose e material médico-cirúrgico, que se presume ter sido desviado do Sistema Nacional de Saúde (SNS).

Em conexão com este caso, uma pessoa está detida, por sinal proprietário da referida clínica, que declarou estar ligado à venda de medicamentos no princípio do ano passado.  

Domingos Boaventura
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 59,96 61,15
ZAR 4,17 4,25
EUR 68,7 70,06

19.10.201Banco de Moçambique

Mais lidas