EFEMÉRIDE: Reforçar diálogo com medicina tradicional

Caminhar em sintonia e unir esforços com vista a prestar cuidados de saúde com maior eficácia e segurança constitui um dos desafios do sector da saúde, numa altura em que se comemoram resultados positivos das acções integradas das medicinas tradicional e convencional em prol do bem-estar da população.

Não obstante este facto, constata-se com grande preocupação a existência de alguns praticantes da medicina tradicional “que mesmo conscientes da impossibilidade de curar uma certa enfermidade retêm pacientes até à fase terminal da doença, o que dificulta o tratamento já na unidade sanitária”.

Estes foram os pronunciamentos da ministra da Saúde, Nazira Abdula, durante as comemorações do Dia da Medicina Tradicional Africana, cujas cerimónias centrais tiveram lugar ontem na cidade de Xai-Xai, em Gaza, sob o lema: “Integração da Medicina Tradicional em Sistemas de Saúde: a Jornada até Agora”.

Leia mais...

Pub