Mais um corredor logístico para o carvão de Moatize

Por Bento Venâncio
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Dois mil e setecentos milhões de dólares americanos serão aplicados na materialização de um corredor logístico para exportação de carvão mineral da bacia de Moatize através de uma linha férrea de mais de 500 quilómetros e de um porto em Macuse. domingo apurou que 810 milhões de dólares correspondem ao investimento no terminal portuário e 1 bilião 890 milhões de dólares são para a linha férrea.

Trata-se de um investimento que conta com capitais externos e comparticipação de 20 por cento da empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM).

Luís Chaúque, falando em representação do ministro dos Transportes e Comunicações, disse que a Thai Moçambique Logística, companhia de origem irlandesa, é a Concessionária do projecto que, a partir de Dezembro, poderá rubricar os primeiros contratos com as mineradoras de carvão visando mercados futuros, no quadro da exploração do corredor.

Chaúque referiu que está ainda previsto para Dezembro a indicação do operador ferroviário e do operador portuário, sendo dado assente que em Abril do próximo ano será feito o fecho financeiro do projecto.

Leia mais...

Pub