Um acidente de viação no trajecto Nampula-Nametil (distrito de Mogovolas) esfumou o sonho do menino Castro Jorge de ser futebolista de eleição e encher as balizas adversárias de golos e a sua casa de medalhas e troféus. Naquele 24 de Junho de 1993, morreu um sonho e surgiu outra oportunidade: relatar jogos de futebol!

Ali no bairro Muala, cidade de Nampula, não chegam aos dedos duma mão os meninos que, durante a década 80, não se relacionavam com o futebol. E Castro Jorge não tinha outra hipótese, atéporque éfilho primogénito dum falecido adepto ferrenho do Muhaivire.

Mais: cresceu numa casa situada a escassos 200 metros do histórico Estádio 25 de Setembro. Portanto, o futebol vivia-se ali na sua varanda.

Iniciou-se no clube rival do pai, o Namutequeliwa, onde representou os iniciados e juvenis antes da viatura que o pai conduzia envolver-se em acidente, tendo a maior factura sido justamente a operação ao abdómen do “craque”sonhador acompanhada por uma receita médica dura e cruel: doravante nada de esforços físicos, futebol nem pensar!

Mas, naquele momento, o médico não percebera que era impossível separar Castro Jorge do futebol. E o tempo encarregou-se de prová-lo. Como?

Leia mais...

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 224 visitante(s) ligado(s) ao Jornal