Inicia amanhã na capital tunisina, Tunis, a primeira Plataforma África-Árabe para a Redução do Risco de Desastres, evento que é co-organizado pelas comissões da União Africana e da Liga dos Estados Árabes, Governo da Tunísia e o Gabinete das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres.

Trata-se de um evento que decorrerá até ao final da semana e que tem como objectivo colher e sistematizar os progressos feitos pelo conjunto dos países africanos e da Liga Árabe no que se refere à implementação do Quadro de Sendai 2015/2013 que foi adoptado na Terceira Conferência Mundial sobre a Redução do Risco de Desastres, realizada em Março de 2015, em Sendai, Miyagi, no Japão.

O referido quadro orienta os países a materializarem planos concisos voltados para o futuro e para a acção para que se construa a resiliência das nações e comunidades face ao aumento do número e da intensidade dos desastres entre outras acções e estratégias que devem ser levadas a cabo com base na cooperação entre os estados.

Entre outras acções, o Quadro de Sendai recomenda a que os países assumam o compromisso de reduzir o risco de calamidades e de aumentar a resiliência, sendo que para o efeito devem incluir estas matérias nas suas políticas, planos, programas e orçamentos a todos os níveis.

Leia mais...

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 174 visitante(s) ligado(s) ao Jornal

+ lidas