Texto de Pedro Nacuo

 

Pérola Jaime, coreógrafa que o país não tem odireito de a desconhecer,por detrás de quemesteve a montagem dobailado da Rainha (Bibi) Acivaanjila, que abriu o recentemente terminado X Festival Nacional de Cultura/2018, diz-se feliz pelo que aconteceu.

Numa entrevista ao domingo revela os meandros por que passoupara dar a alegria que a críticadiz terem sido as cerimóniasde abertura e encerramento dareunião magna bienal da culturamoçambicana, em Lichinga.

Teve de se instalar em Lichinga, quase cinco meses, de 15 de Março a 1 de Agosto de 2018.

Chegou a ser confundida com quem tinha ido preencher o período legal para depois concorrer para as eleições autárquicas.

Afinal, fora preparar a primeira e segunda partes oficiais do Festival Nacional de Cultura. Muito trabalho!

 

“Significou juntar 1450 pessoas, todas naturais do Niassa, principalmente da sua capital provincial, mais precisamente dos bairros Chiuaula, Namacula, Cerâmica e Sanjala, de diferentes idades, e pô-las a executar o que já vinha esboçado em papel.”

Leia mais...

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 58,6 59,76
ZAR 4,06 4,14
EUR 67,41 68,76

21.08.201Banco de Moçambique