Controlo da SIDA e luta contra estigmatização

Como resultado dos esforços empreendidos de 2011 a 2013, Moçambique registou uma redução da transmissão sexual do HIV em 25 por cento, a par da diminuição, nos últimos anos, da transmissão do vírus da mãe para o filho de quase metade, de 11,9 por cento em 2013 para 6,2 em 2015.

Embora os esforços nacionais tenham produzido resultados impressionantes, a luta contra o HIV/SIDA está longe de ser vencida.

O Inquérito de Indicadores de Imunização, Malária e HIV/SIDA de 2015 mostra que a prevalência do HIV na população dos 15 ao 49 anos subiu de 11,5 por cento para 13,2.

Os dados indicam que em 2016 perto de 62 mil pessoas morreram no país devido ao HIV. Por outro lado, existem cerca de 1.9 milhão de pessoas que vive com o HIV. Ou seja: um em cada oito adultos está infectado.

Leia mais...

Pub