Quem paga clínica pode pagar rede mosquiteira, porquê não?

Esta coisa de estar vivo um tipo ainda acaba maluco. Para Bula-bula endoidecer já não falta muito. É que, por mais que se esforce não percebe como é que funcionam algumas unidades sanitárias privadas.

Então, um tipo paga uma pipa de massa para ser principescamente tratado nessas clínicas, onde devia ter direito a café, água mineral, pipocas, iogurte e uma bela enfermeira 24 sobre 24 horas, e depois tem de comprar álcool para feridas porque o hospital não tem?

Os pais escolhem a data para o nascimento do seu filho, mesmo que para tal a mãe, anuindo, seguindo a tendência da moda, tenha de passar por uma cesariana e depois o recém-nascido tem de ir apanhar a vacina noutra “freguesia” porque o hospital não tem?

Será justo exigir aos pais que desembolsem outros tantos Meticais por uma rede mosquiteira para o recém-nascido que viu a luz do mundo naquela mesma unidade sanitária?

Leia mais...

Pub