HOJE HÁ REFERENDO CONSTITUCIONAL: Sondagens reflectem incerteza

As sondagens divulgadas há poucos dias do referendo constitucional na Turquia, agendado para este domingo, e que poderá vir a reforçar os poderes do Presidente Recep Tayyip Erdogan, reflectem incerteza sobre o possível resultado da consulta pública.

Várias empresas de sondagens indicam que o “sim” e o “não” estão praticamente empatados, registando uma diferença entre um e meio ponto percentual.

Outras projecções antevêem a vitória do “sim”, indicando que esta facção poderá conseguir mais de 60 por cento das intenções de voto.

Entretanto, um importante sector da população turca declara-se “indecisa” e os analistas tentam interpretar o peso real deste grupo.

Sempre é difícil responder ‘sim’ ou ‘não’, branco ou preto, e a cultura turca não gosta de extremismos. Escolheria algo no meio, se existisse essa opção, mas desta vez não há”, disse a socióloga Sibel Kalaycioglu, citada pela agência noticiosa espanhola EFE.

Também evita assumir uma responsabilidade (...) o ‘sim’ e o ‘não’ têm ambos uma grande responsabilidade. Por isso, as sondagens têm enormes dificuldades de interpretar as respostas. Não me surpreendia se as urnas apresentassem um resultado que nenhuma sondagem conseguiu prever”, concluiu a socióloga.

As sondagens têm revelado que dentro dos eleitores tradicionais do partido no poder, o Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), existe um sector descontente com a reforma proposta por Erdogan. Mas este grupo não se manifesta abertamente contra a “sua” força partidária e um cenário com muitos votos escondidos contra a reforma constitucional não deve ser descartado.

As opiniões também estão muito divididas no seio do Partido do Movimento Nacional (MHP), aliado do AKP de Erdogan.

Os líderes ultranacionalistas fazem campanha pelo “sim”, mas uma boa parte das bases desta força política contesta o modelo presidencialista.

in dnoticias.pt

Editorial

A falta que as estradas e pontes nos fazem
domingo, 27 agosto 2017, 00:00
O Governo assume que no presente quinquénio tem quatro pilares essenciais para o desenvolvimento do país, nomeadamente a Agricultura, Energia, Infra-estruturas e Turismo, sectores nos quais... Leia Mais

Versão-Impressa


Opinião

Desporto

Nacional

Breves

Sociedade

Reportagem

Cultura

Em foco

Temos 308 visitantes em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador