O Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, recomendou a todos os intervenientes do sistema financeiro moçambicano a assegurarem a implementação de soluções tecnológicas sustentáveis, duradouras e que garantam o funcionamento do sistema interbancário com a necessária segurança, estabilidade e fiabilidade.

Intervindo esta manhã, na Assembleia da República, na Sessão de Perguntas ao Governo, horas depois do restabelecimento das transacções electrónicas, Carlos Agostinho do Rosário reconheceu que a normalização do uso de ATM e POS, é uma solução imediata.

“É assim que a partir das primeiras horas do dia de hoje começaram a entrar em funcionamento as ATM e POS ligados a rede SIMO. A situação está normalizada”, disse.

Desde sexta-feira, o país vinha registando uma indisponibilidade dos serviços das ATM, POS e operações com cartões ligados a rede Sociedade Interbancária de Moçambique (SIMO).

Esta situação, segundo reconheceu o governante, afectou o normal funcionamento das operações financeiras e teve impacto directo nas famílias, empresas e outras actividadeseconómicase sociaisno geral.

Apesar do incidente, o Primeiro-Ministroassegurou que o sistema financeiro contínua estável, seguro e bem capitalizado.

 

Pub

Câmbio

Moeda Compra Venda
USD 63,6 64,83
ZAR 4,56 4,65
EUR 71,57 72,96

11.04.201Banco de Moçambique

Quem está Online?

Temos 213 visitante(s) ligado(s) ao Jornal

+ lidas